B-Zen®

RSS Artigos Recentes

RSS Próximos Eventos

Lisboa, Portugal & Online

Top
 

Estratégias para Cuidar dos Idosos à Distância

relações interpessoais; Emoções positivas dos utentes; Animação Terapêutica para Idosos; Impacto da Distância Social; Estratégias para Cuidar dos Idosos à Distância

Estratégias para Cuidar dos Idosos à Distância

Morar longe apresenta alguns desafios a quem tenta prestar os devidos cuidados aos seus familiares mais idosos. Por isso, venho apresentar várias Estratégias para Cuidar dos Idosos à Distância que podem funcionar para si e para os seus entes queridos e, assim, diminuir o impacto da Distância Social. O aumento da mobilidade social e da esperança de vida, mas também a situação pandémica, vieram criar a necessidade de prestar cuidados à distância para muitas famílias, pois agora, mais do que nunca, as visitas domiciliárias estão condicionadas.

Técnicas que pode usar prestar cuidados à distância

  1. Aproveite a tecnologia: Use o e-mail e as redes sociais para manter o contacto e obter atualizações constantes. Guarde documentos e dados importantes numa pen USB e coloque-a no seu porta-chaves. Aprenda a usar as novas aplicações de saúde para telemóvel, que podem informar se os seus pais estão a tomar a medicação.
  2. Aconselhe-se com profissionais: Agende reuniões online com médicos de família, advogados e consultores financeiros. Mantenha as informações que eles solicitam organizadas e atualizadas e agende consultas.
  3. Pesquise serviços comunitários: Consulte sites de igrejas locais e organizações sem fins lucrativos. Estes locais podem oferecer serviços gratuitos ou de baixo custo, como transporte ou aulas de ginástica para idosos.
  4. Procure outros serviços públicos: Existem muitos programas de organismos públicos que ajudam os idosos nas tarefas e despesas diárias.

Etapas a realizar nas visitas domiciliárias

  1. Converse: Nas visitas domiciliárias mantenha as linhas de comunicação abertas. Ouça e faça perguntas para perceber em que áreas os seus parentes precisam de ajuda e o que desejam para o futuro.
  2. Conheça os vizinhos: As pessoas que moram na casa ao lado podem ficar atentas durante a sua ausência. Agradeça se elas estiverem dispostas a oferecer companhia e a informar sobre questões importantes como, por exemplo, condução insegura.
  3. Faça uma inspeção à casa: Verifique precauções de segurança que possam ser tomadas. Melhore a iluminação da cave e/ou instale barras de apoio na casa de banho. Certifique-se de que a cozinha está abastecida com alimentos nutritivos e saudáveis.
  4. Ponha a papelada em dia: Ofereça-se para ajudar a pagar as contas e tratar de todas as questões documentais. Se a correspondência não aberta estiver a acumular-se, ajude a verificar a que é importante e a responder à que necessita de resposta.
  5. Incentive a sociabilização: Junte-se aos seus pais nas suas atividades regulares, seja ir à missa, seja dar um passeio semanal, ou qualquer outra atividade que faça parte das suas rotinas. Conheça os amigos deles ou sugira atividades onde possam conviver com outros idosos.
  6. Crie memórias felizes: Tire algum tempo para que desfrutem da companhia uns dos outros. Visitem um museu ou jardim público. Revejam filmes e fotografias antigas da família.

Passos a realizar sozinho

  1. Estabeleça metas realistas: Conheça as suas capacidades e equilibre as suas responsabilidades. Sinta-se satisfeito com o que faz, em vez de se preocupar por não fazer mais.
  2. Planeie situações de emergência com antecedência: Tente por algum dinheiro de lado e ter tempo disponível para poder responder rapidamente a alguma mudança que possa ocorrer nas condições. Estar preparado dar-lhe-á mais paz de espírito.
  3. Divida as responsabilidades: Faça reuniões familiares para que todos tenham hipótese de contribuir e assumir as funções para as quais têm mais aptidão e são mais adequados. Também pode querer designar uma pessoa como cuidadora principal ou ir alternando essa função.
  4. Faça a gestão do seu stresse: Proteja a sua própria força física e emocional. Descanse bastante e durma. Pratique exercícios regularmente e alivie as tensões, por exemplo, ao ouvir música instrumental ou ao meditar.

Conheça os nossos serviços para Idosos

Saiba mais sobre os nossos serviços de Animação Terapêutica para Idosos.

Estas são algumas das Estratégias para Cuidar dos Idosos à Distância. Lembre-se, prestar cuidados à distância é uma grande responsabilidade, mas o planeamento cuidadoso e o trabalho em equipa tornarão a situação mais fácil de gerir. Conte com toda a ajuda que puder, mantenha-se na sua melhor forma e aproveite ao máximo as oportunidades das visitas domiciliárias ajudando, assim, a diminuir o impacto da Distância Social.

Susana Surjan
CEO & Founder

Professora de Yoga, mestre de Reiki e Terapeuta com a missão de capacitar e inspirar um estilo de vida saudável.

Não há comentários

Escreva um Comentário